Certo ou errado eu quero ter você [. . .]
“Ai a gente se pergunta: “Poxa eu fazia tudo por ele, por que que acabou?”
Eu te respondo: Simplesmente porque VOCÊ fazia tudo por ele, mas ele não fazia NADA por você. Isso mesmo, nada, nada e nada. O relacionamento começa a dar errado quando a coisa começa a ficar puxada só pra um lado, um abre mão de tudo, e outro não abre mão de nada. As vezes você nem gostava de futebol mas começou a assistir só pra agradar a ele e depois vocês terem um assunto quando o tédio batesse. As vezes você nem gostava daquele bar, mas você começou a dizer pra todo mundo que adorava aquele lugar e que ali era ótimo só pelo fato de aquele lugar ser o preferido dele. Você nem gostava daquela sua blusa verde que estava lá no fundo do armário, mas passou a achar ela linda só porque ele contou que a cor favorita dele era verde. Largou amigos porque ele tinha ciúmes, até brigou com os pais porque ele queria sair de qualquer jeito com a desculpa “A gente nunca sai, e quando a gente pode sair seus pais não deixam.” . Foi contra quem estava do seu lado e te disse desde o início “Garota, esse cara não é pra você! Larga enquanto está cedo.” Isso e mais um pouco você fez por ele, aprendeu a cozinhar porque ele amava comida caseira, aprendeu até a costurar porque a camisa que ele mais gostava tinha perdido o botão. E sabe em que que isso deu? PÉ,NADA, FORA, ADEUS! Não rolou, não tinha mais química, blablabla essa e outras desculpas que a gente escuta quando o cara tá afim de seguir outro rumo. Não deu certo porque SÓ VOCÊ ABRIU MÃO, SÓ VOCÊ agradou, SÓ VOCÊ mudou os gostos, e no final SÓ VOCÊ saiu magoada! Como o tempo não volta nos resta seguir em frente e levar isso como aprendizado, quem faz demais, quem quer mostrar serviço demais, quem quer ter presença o tempo todo, quem quer se anular pra ter qualquer migalha de amor, quem não tem opinião forte, quem não sabe dizer “Não”, no fim da história sempre acaba chupando dedo, acaba como boazinha demais, acaba com a chata que sempre estava no pé. Então vamos aprender a ter equilíbrio a agradar sim mas também ser agradadas, a mudar com medida, sem exagero, sem esforço demais, sem forçar o que não existe!”
~ Desconheço o autor.  (uma-pequena-idi0ta)

“Eu queria dizer que já te superei, que estou naquela fase do esquecimento, mas não estou. Só estou sendo tola, querendo esconder do mundo o que eu sinto por você. Vamos ser aquele casal clichê. Vamos voltar a ser aquilo que não deveríamos ter deixado de ser nunca.”
~ Caroline sobre Noah. (via diminuido)